El sistema Universidad Abierta de Brasil: una política pública de educación a distancia en Brasil (2005-2010)

Autores/as

  • Maria Renata da Cruz Duran Graduated in History from the State University of São Paulo (Unesp/Franca), accomplished her Master's and PhD degrees in Social and Cultural History at Unesp/Franca, and conducted postgraduate studies in Public Policies for Teacher Training at the School of Education of the University of São Paulo (USP). She was a consultant for the Organization of Ibero-American States for the General Coordination of Academic Articulation of the Distance Education Division (DED) of Capes (Brasil)
  • Celso José Da Costa Graduated in Mathematics from the Federal University of Rio de Janeiro (UFRJ) and accomplished his Master's and PhD degree in Mathematics at the National Institute of Pure and Applied Mathematics (Impa). He is the director of the Mathematics Institute of the Federal University of the state of Rio de Janeiro and the co-founder of the Cederj consortium (Center of Distance Higher Education of Rio de Janeiro). He was responsible for the Distance Education Division of CAPES (Coordination Office for the Development of Higher Education Staff) from 2006 to 2010 (Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.51302/tce.2016.102

Palabras clave:

educación a distancia, formación del profesorado, educación superior

Resumen

El sistema Universidad Abierta de Brasil (UAB) se puso en marcha en diciembre de 2005. Se trata de un sistema de red que reúne a las instituciones públicas de educación superior, a los municipios y a los Gobiernos de los Estados, y al Gobierno fe-deral, especialmente en la CAPES (Coordenação de Aperfeccionamiento de Personal Nível Superior) a través del DED (Divisão de Educação a Distân­cia), para extender y ofrecer en las ciudades inte­riores la educación superior utilizando el modelo de e-learning. En este trabajo, se describe la con­tribución de la DED/CAPES al sistema durante la gestión del sistema UAB entre 2005 y 2010.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Citas

Bastos apud Duran, M. R. C. [2010]: Conferência Inter­nacional Impacto das TIC’s na Educação, documen­to técnico de telatoria da conferência realizada entre 27 e 29 de abril de 2010, sob a coordenação da Se­cretaria de Educação a Distância e os escritórios da UNESCO de Chile e Brasil, segundo produto referen­te ao Contrato CI 00634/2010, SA 1169/2010, Brasília: UNESCO, 150 pp.

Batista, A. [2010]: Ensino superior ao seu alcance. Re­trieved from: http://cruzdoespiritosantopb.blogspot.com/2010/11/o-impacto-da-uab-ufpb-virtual-no-nos­so.html [Search: 20 November 2010].

Belloni, M. L. [abr. 2002]: «Ensaio sobre a educação a distância no Brasil», Educação & Sociedade, 23 (78), pp. 117-142.

Boto, C. A. [1996]: Escola do homem novo: entre o ilu­minismo e a Revolução Francesa, São Paulo: Ed. Unesp.

Brasil [1971]: Lei de diretrizes e bases da educação na­cional no. 5.692, de 11 de agosto de 1971. Retrieved from: http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/128525/lei-de-diretrizes-e-base-de-1971-lei-5692-71 [Search: 10 January 2012].

[1997]: Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CEB no. 15/97. Consulta so­bre ensino fundamental e médio (supletivo) com utili­zação e metodologia de ensino a distância. Retrieved from: http://www.portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/1997/pceb015_97.pdf [Search: 10 January 2012].

[1998]: Decreto no. 2.494, de 10 de fevereiro de 1998. Regulamenta o art. 80 da Lei no. 9.394, de 20 de de­zembro de 1996, e dá outras providências. Diário Ofi­cial da União, Brasília DF, 11 fev. 1998.

[2001]: Ministério da Educação. Lei no. 10.172, de 09 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Retrieved from: http://www.camara.gov.br/sileg/integras/831421.pdf [Search: 10 January 2012].

[2010]: Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CES no. 18/2010, aprovado em 27 de janeiro de 2010. Reexame do Parecer CNE/ CES no. 238, de 07 de agosto de 2009, que dispõe sobre a revogação das normas para o credenciamen­to especial de instituições não-educacionais, na mo­dalidade presencial e a distância, para a oferta de cur­sos de especialização. Retrieved from: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=15152&Itemid=86 [Search: 10 January 2012].

Costa apud Duran, M. R. C. [2010]: Documento técnico contendo apresentação, memória operacional e diag­nóstico dos eventos UAB realizados em 2010 e pros­pecção dos eventos que, estrategicamente, seriam favoráveis ao alinhamento da UAB ao PDE, quarto produto, Projeto OEI BRA/09/004, Edital 062/2010, Brasília: OEI, 142 pp.

Gatti, B. A. and Sá Barretto, E. S. de [2009]: Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO.

Giolo, J. A. [2008]: «A educação a distância e a formação de professores», Educação & Sociedade, 29 (105), pp. 1.211-1.234.

Jonassen, D. [abr./jun. 1996]: «O uso das novas tecnolo­gias na educação a distância e a aprendizagem cons­trutivista», Em Aberto, Brasília, 16 (70), pp. 70-88.

Lévy, P. [1999]: Cibercultura, São Paulo: Editora 34.

Lisseanu apud Pretti, O [1988]: Educação a distância: uma prática mediatizadora e mediatizada. Retrieved from: http://www.nead.ufmt.br/publicacao/download/EDUCACAO2.doc [Search: 23 October 2009].

Litto, F. [2009]: «O retrato frente/verso da aprendizagem a distância no Brasil», Revista ETD, 10 (2), pp. 108- 122 (número temático EAD-Porque não?).

Lombardi apud Duran, M. R. C. [2010]: Conferência In­ternacional Impacto das TIC’s na Educação, Docu­mento técnico de relatoria da conferência realizada entre 27 e 29 de abril de 2010, sob a coordenação da Secretaria de Educação a Distância e os escritó­rios da UNESCO de Chile e Brasil, segundo produto referente ao Contrato CI 00634/2010, SA 1169/2010, Brasília: UNESCO, 150 pp.

Morán, J. [abr./jun. 2009]: «O ensino a distância no Bra­sil», Educação & Linguagem,12 (19), pp. 17-35.

Morin, E. [2010]: A religação dos saberes: o desafio do século XXI, Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Pimentel, N. M.ª and Costa, C. J. da [2009]: «O siste­ma Universidade Aberta do Brasil na consolidação da oferta de cursos superiores a distância no Brasil», Re­vista ETD, 10 (2), pp. 71-90 (número temático EAD-Porque não?).

Pretti, O. (org.) [2005]: Educação a distância, sobre dis­cursos e práticas, Brasília: Liber Livro.

Schlünzen Junior, K. [2009]: «Educação a distância no Brasil: caminhos, políticas e perspectivas», Revista ETD, 10 (2), pp. 16-36 (número temático EAD-Por­que não?).

Silva, J. F. [2009]: Uso de material audiovisual no ensino médio na perspectiva do professor, mono­grafia (especialização para professores do ensino médio do governo do Distrito Federal), Centro de Educação a Distância, Universidade de Brasília, Brasília.

Silva apud Duran, M. R. C. [2010]: Documento técni­co contendo apresentação, memória operacional e diagnóstico dos eventos UAB realizados em 2010 e prospecção dos eventos que, estrategicamente, seriam favoráveis ao alinhamento da UAB ao PDE, quarto produto, Projeto OEI BRA/09/004, Edital 062/2010, Brasília: OEI, 142 pp.

Takakuna apud Duran, M. R. C. [2010]: Documento Técnico contendo apresentação, memória operacio­nal e diagnóstico dos eventos UAB realizados em 2010 e prospecção dos eventos que, estrategica­mente, seriam favoráveis ao alinhamento da UAB ao PDE, quarto produto, Projeto OEI BRA/09/004, Edital 062/2010, Brasília: OEI, 142 pp.

Tanure, L. M.ª [maio/jun./jul./ago. 2000]: «História da for­mação de professores», Revista Brasileira de Edu­cação, 14, pp. 61-193.

Zuin, A. A. S. [out. 2006]: «Educação a distância ou educação distante? O programa Universidade Aber­ta do Brasil, o tutor e o professor virtual», Educação & Sociedade, Campinas, 27 (96), (especial), pp. 935- 954, Retrieved from: http://www.cedes.unicamp.br

Descargas

Publicado

14-09-2016

Cómo citar

da Cruz Duran, M. R., & Da Costa, C. J. (2016). El sistema Universidad Abierta de Brasil: una política pública de educación a distancia en Brasil (2005-2010). Revista Tecnología, Ciencia Y Educación, (5), 157–171. https://doi.org/10.51302/tce.2016.102

Número

Sección

Proyectos y aportaciones académicas